Review | Legion [Season 1]

O canal FX, em parceria com a Marvel, trouxe para as telas a história do mutante David Haller, que nas HQs é filho de ninguém menos que o Professor Xavier. Legion, mesmo sendo do universo do X-Men, nos mostra que não é simplesmente uma série de super-heróis e isso se deve ao fato de Noah …

Review Overview

Nota Geral

5,0

User Rating: Be the first one !
100

O canal FX, em parceria com a Marvel, trouxe para as telas a história do mutante David Haller, que nas HQs é filho de ninguém menos que o Professor Xavier. Legion, mesmo sendo do universo do X-Men, nos mostra que não é simplesmente uma série de super-heróis e isso se deve ao fato de Noah Hawley estar envolvido na adaptação, já que o mesmo foi o responsável pelo incrível sucesso de Fargo.

Legion-CN-1

David Haller (Dan Stevens) é um rapaz diagnosticado com esquizofrenia que passou os últimos cinco anos de sua vida em um hospital. Institucionalizado mais uma vez, David se perde na rotina estruturada da vida no hospital, e passa todo o seu tempo em silêncio junto à amiga Lenny (Aubrey Plaza), uma paciente cujo vício em drogas e álcool não diminuiu em nada seu otimismo. Mas a vida de David muda com a chegada de uma nova paciente: Syd Barrett (Rachel Keller). Atraídos um pelo outro, David e Syd compartilham um encontro surpreendente, depois do qual David enfrenta a possibilidade de as vozes que ele ouve não sejam exatamente produtos de sua imaginação.

Durante os episódios percebemos que as montagens das cenas acabam causando certo estranhamento para o telespectador, como se tivesse picotado várias cenas e jogado tudo ali de novo, algo que foi feito propositalmente para que nós possamos ter a sensação de como funcionava na cabeça do próprio David. O jogo de câmeras rodopiantes acaba trazendo um ar mais insano, deixando tudo mais confuso. De fato, vemos que o ponto principal é o questionamento da realidade, O que é real? O que não passa apenas de uma alucinação?

legion-1

Sobre o protagonista, nos é mostrado que ele foi diagnosticado com Esquizofrenia Paranoica (será que ele possui mesmo?), além de ouvir vozes e ter alucinações. Com isso, ele foi internado no Hospital Psiquiátrico Clockwork, onde ele acaba conhecendo Sydney Barret que vai fazê-lo acreditar que as vozes que ele ouve em sua cabeça tratam-se de vozes, mas não exatamente loucura. Ao longo da temporada, vamos conhecendo mais dos outros personagens que fazem parte da equipe de Melanie Bird, responsável por Summerland, que é um local para pessoas superdotadas identificarem e controlarem seus poderes, onde Ptnomy atua sobre ele com o seu poder (que seria algo como uma visita a memória e lembranças da pessoa).

legion-exploding-kitchen

A narrativa beira o confuso quando percorre episódios inteiros mostrando o que se passa em uma realidade que não é de fato real, mas a diferença mora no uso inteligente dos recursos estilísticos. Praticamente tudo se presta a contar a história, seja a fotografia, a direção, as referências ao cinema mudo, aos quadrinhos, o uso das cores e da trilha sonora (Destaco aqui, o episódio 7 que foi o melhor da temporada). Tudo isso faz de Legion uma série bem diferente do que temos visto atualmente.

Legion teve sua primeira temporada finalizada no dia 30 de março de 2017 no Brasil pelo canal FX. Tendo sido renovada para uma segunda temporada e contando apenas com 08 episódios em sua primeira, Legion deve ser conferida não só por aqueles que amam super-heróis mas também por aqueles que gostariam de ver uma nova abordagem ligada a este universo.

 

O que achou?

Comentários

About Ismael Hazin

Apenas um canceriano totalmente apaixonado por séries que também divide seu coração com filmes, livros e cartoons.
Host Geek. 2014.