Review | Atypical [Season 1]

Sam é um jovem de 18 anos, estudante do ensino médio, que possui um transtorno do espectro autista e que resolve sair em uma missão: arrumar uma namorada. Seu novo objetivo acaba balançando as estruturas não só da sua própria vida como da sua família. “Dude, nobody’s normal!” E aqui estamos mais uma vez com …

Review Overview

Nota Geral

4,0

User Rating: Be the first one !
80

Sam é um jovem de 18 anos, estudante do ensino médio, que possui um transtorno do espectro autista e que resolve sair em uma missão: arrumar uma namorada. Seu novo objetivo acaba balançando as estruturas não só da sua própria vida como da sua família.

“Dude, nobody’s normal!”

E aqui estamos mais uma vez com a Netflix e mais uma série original. Atypical chegou de forma bem discreta, trazendo um bom humor e abordando de forma leve sobre o autismo. Com apenas 08 episódios, tendo em cerca de 30min cada, sua primeira temporada é bem delineada e promete conquistar uma boa parte do seu público.

maxresdefault

A nova série da Netflix irá mostrar a história de Sam (Keir Gilchrist), um garoto autista que vive com a mãe, Elsa (Jennifer Jason Leigh); o pai, Doug (Michael Rapaport) e a irmã, Casey (Brigette Lundy-Paine). Sam está no ápice de sua adolescência e finalmente se sente pronto para sair e ter novas experiências. Porém, devido ao seu autismo, ele não é muito bom quando se trata de se relacionar com alguém, é então que ele conta com a ajuda de sua terapeuta Julia (Amy Okuda) para melhorar seu desempenho e conseguir aproveitar o que a vida tem para oferecer.

A manifestação do seu amadurecimento e a vontade de experimentar coisas novas acabam proporcionando uma verdadeira desordem na sua família. Começando pela sua mãe, que até então possuía um mundo que girava em torno do seu filho. Dessa forma, ela necessita achar um novo significado para sua existência; embarcando, assim como Sam, em uma jornada de autoconhecimento.

atypical-netflix-premiere-date-video-keir-gilchrist

A série traz mais alguns plots a serem desenvolvidos; como por exemplo, o primeiro relacionamento de Casey (para shippar horrores com Evan), a responsabilidade e cuidado que ela tem com o seu irmão, e como determinada situação pode comprometer a sua vida. Também podemos ver um pouco mais de Júlia, que mesmo tendo uma devida atenção em seus encontros com Sam, tem passado por problemas em seu relacionamento.

Outros personagens ganham seus devidos destaques: Zahid, colega de trabalho e melhor amigo de Sam, que dá “maravilhosos” conselhos na arte da sedução; e Paige, uma garota da escola que cria certo interesse pelo nosso protagonista.

23568246

Atypical, não é apenas uma série sobre adolescente. Ela também tem como propósito falar sobre o autismo, assim como discutir todo tipo de “controvérsia” que existe em torno desse transtorno. É, dessa forma, uma produção que não tem apenas o intuito de nos entreter, mas também de nos fazer refletir sobre uma questão bem delicada e que muitas vezes não é debatida. Para quem gosta de algo com um caráter meio indie, com certeza irá se deliciar com essa nova série (e fazer aquela linda maratona mais do que merecida).

 

O que achou?

Comentários

About Ismael Hazin

Apenas um canceriano totalmente apaixonado por séries que também divide seu coração com filmes, livros e cartoons.
Host Geek. 2014.