Crítica | Fica Comigo (You Get Me)

Um filme original Netflix. O que começou parecendo um mero filme de romance adolescente, se tornou bem mais do que isso. Tyler (Taylor John Smith) é um adolescente comum com muitos problemas familiares que se apaixona durante o verão pela doce Alison (Halston Sage). Eles vivem dias maravilhosos juntos até que uma pessoa do passado de …

Review Overview

Nota Geral

3,0

User Rating: Be the first one !
60

Um filme original Netflix.

O que começou parecendo um mero filme de romance adolescente, se tornou bem mais do que isso.

resenha-do-filme-You+Get+Me-fica-comigo[1]

Tyler (Taylor John Smith) é um adolescente comum com muitos problemas familiares que se apaixona durante o verão pela doce Alison (Halston Sage). Eles vivem dias maravilhosos juntos até que uma pessoa do passado de Alison ressurgi trazendo segredos sobre ela que Tyler não podia nem imaginar gerando uma grande briga entre o casal.

Revoltado e entristecido, Tyler se encontra com a viva Holly (Bella Thorne) e tem um dos dias mais incríveis e loucos da sua vida, mas é hora de voltar para a vida real e esquecer o que aconteceu, Holly irá voltar para sua cidade e ele ainda amava Alison e precisava fazer as pazes com ela.

Dias depois, tudo voltou para o seu caminho original. Tyler e Alison estão juntos e seus melhores amigos Gil (Nash Grier) e Lydia (Anna Akana), não poderiam estar mais felizes com isso. As aulas retornam trazendo consigo uma nova aluna e uma nova integrante do grupinho deles, Holly. Ele mal pode acreditar que ela está ali e sentada ao lado da sua namorada, conversando como se fossem amigas a muito tempo, mas tem medo de contar a verdade e isso arruinar seu relacionamento, e ela parece não ligar para o fato dele ter voltado com a namorada, ela acredita que o que eles tiveram foi mais especial do que aquilo e não se importa se ele quiser mantes em segredo. Mas no momento que Tyler a rejeita, o filme realmente começa.

Fica_Comigo_photo0002[1]

Tudo bem, quando você assiste o trailer ou lê a sinopse antes o filme perde totalmente o clima de suspense, mas no meu caso que só assisti por ter visto a foto da Bella Thorne e me interessar pela atriz, ele surpreendeu em diversos momentos.

O começo é como em qualquer romance adolescente, eu realmente acreditei por alguns estantes que ele iria ficar com ela, mas foi passando tão rápido que eu vi que aquele não era o objetivo do filme, acho que é por isso que somos ensinados a não falar com estranhos, não importa a aparência deles, as pessoas podem surpreender.

Holy a primeira vista parece somente alguém livre que só quer aproveitar a vida, fazer tudo que o pai não podia fazer pois vivia trabalhando. Mas a medida que nos aprofundamos nela, vemos que ela é alguém que se liga muito fácil a uma pessoa e precisa do máximo de atenção possível, sem conhecer os limites.

O filme se desenvolve em poucos cenários e com poucos personagens, mas não é isso que faz sentir que falta algo nele, é o suspense. Em pouco tempo após ela ressurgir em seu grupo de amigos, Tyler já rotulou ela como uma obsessiva e que está ali para arruinar sua vida, se tudo se desenvolve-se em segredo, quem sabe isto não melhorasse.

FICA-COMIGO-01[1]

As atuações de Taylor e Bella em diversos momentos decepcionam, sem trazer nada de novo, parecem rostos bonitinhos fazendo mais do mesmo. Pelo orçamento e tempo de produção, não é uma completa decepção, mas é um filme que conseguimos ver as falhas e ver onde poderia ter sido melhorado.

Se tiver procurando um filme simples para assistir naqueles dias monótonos, este é um filme adequado. Não trará nada novo ao expectador, mas cumpre o seu objetivo.

 

O que achou?

Comentários

About Eduarda Marinho

Eduarda Marinho
Host Geek. 2014.