Crítica | Carros 3 (Cars 3)

Veterano das pistas, o campeoníssimo Relâmpago McQueen se vê em apuros após o surgimento de um novato bastante veloz, Jackson Storm, que utiliza de alta tecnologia nos treinamentos. Obrigado a chegar ao limite para batê-lo, McQueen acaba sofrendo um sério acidente durante uma corrida, que o obriga a abandonar o campeonato daquele ano. Prestes a …

Review Overview

Nota Geral

4,0

User Rating: Be the first one !
80

Veterano das pistas, o campeoníssimo Relâmpago McQueen se vê em apuros após o surgimento de um novato bastante veloz, Jackson Storm, que utiliza de alta tecnologia nos treinamentos. Obrigado a chegar ao limite para batê-lo, McQueen acaba sofrendo um sério acidente durante uma corrida, que o obriga a abandonar o campeonato daquele ano. Prestes a iniciar a próxima temporada, ele se vê em dúvidas sobre se consegue ser rápido o suficiente para bater Storm e, por causa disto, busca ajuda com seu novo patrocinador.

CARS 3

Existe um momento que todo atleta de qualquer esporte precisa aceitar: A aposentadoria. Independentemente do esporte, ou até mesmo de qual o nível que o esportista atuou durante toda a sua carreira, a hora de pendurar as chuteiras, ou o tênis, a raquete, o quimono, sempre chega. Quando se é um atleta de alto nível, reconhecido por ter atingido o auge da sua carreira na modalidade, a hora de dar adeus pode ser ainda mais complicada, isso porque, nunca é fácil de admitir que uma nova geração chegou e é preciso aceitar o fim.

Claro que a animação Carros 3  não trata desse assunto com todo o drama explícito nesse primeiro parágrafo, contudo, com certeza consegue abordar com leveza, humor e muita sensibilidade sobre esse momento na carreira do Relâmpago McQueen. O personagem se vê numa verdadeira encruzilhada na carreira ao perceber que uma nova geração de carros com novos equipamentos e novos modos de treinamentos está chegando, e ele infelizmente não está conseguindo acompanhar o ritmo.

carros

Além de fazer um ótimo trabalho contando esse momento da carreira do personagem, o longa também acerta em cheio na apresentação da nova personagem, Cruz Ramirez. Ela consegue não apenas dar um novo tipo de humor a franquia, mas sim uma cara nova na qual pode se tornar o futuro da animação nos cinemas.

Infelizmente a lição ensinada no animação que os veteranos podem vencer os mais novos, não sendo mais rápidos, ou mais fortes, e sim mais inteligentes, fica apenas na teoria. Talvez o único problema do longa seja seu terceiro ato, no qual deixa essa lição de lado, e parte para um caminho de apresentar algo novo.

 

O que achou?

Comentários

About Victor Noblat

Victor Noblat
Comentarista esportivo, viciado em filmes e séries. "Um Homem que não se dedica a família não é um homem de verdade" CORLEONE. Vito
Host Geek. 2014.